Pisos Esportivos

Com amortecimento, reduz o impacto

Os pisos esportivos são projetados com qualquer um dos produtos de Assoalho ou Tacos. O sistema possui um amortecimento sob o piso com estrutura formada por compensados e neoprene como base. Os vernizes e demarcações da quadra são de alta resistência e de acordo com as especificações do construtor.

Importante lembrar que o sistema de amortecimento deve ser calculado de forma a equacionar o nível exato da flexibilidade do piso. Um piso com um amortecimento elevado aumenta a fadiga de um atleta, porque o movimento de recuperação acaba sendo maior, sendo que o fato contrário também é prejudicial causando lesões devido ao alto impacto causado. Assim, deve ser encontrado o nível ideal de amortecimento, para reduzir ao máximo os inconvenientes acima.

A reflexão de uma bola ao ser lançada contra os pisos esportivos, segundo a norma DIN 18032/2, deve ter um valor de pelo menos 90% da altura do rebote.

A aderência é outro fator importante em um piso esportivo, devendo haver um equilíbrio entre aderência e deslizamento.

Nos últimos tempos muito tem se falado a respeito do perigo de ferpas de madeiras atingirem um atleta, mas um fato que muitas vezes não é lembrado é que a qualidade da madeira utilizada, bem como o seu tratamento antes da instalação e também posteriormente à instalação é fundamental para garantir essa segurança alcançada através do mínimo possível de frestas e calafetações.

O contrapiso deve estar devidamente preparado para evitar a ascensão da umidade procedente dos estratos inferiores, assim como as laterais.

A madeira que será empregada deverá contar com um conteúdo normal de umidade. Isto se entende como umidade da madeira em equilíbrio (em torno de 12%), com a umidade media relativa do ar entre 50 a 60.

Tanto a madeira do piso como a utilizada nas viguetas de suspensão da estrutura deverão ser previamente submetidas ao tratamento especial para evitar os ataques de animais xilófagos e fungos.

Siga-nos:

A economia, aliada à qualidade, são essenciais na elaboração de qualquer projeto, assim o custo-benefício deve ser fator importante a ser levado em consideração. Portanto o melhor índice econômico está diretamente relacionado à vida útil do pavimento esportivo em madeira, que deve ser executado por empresas especializadas e com reconhecido histórico de sucesso com obras realizadas. Estes cuidados proporcionarão um resultado técnico e econômico com melhor padrão de qualidade e de custo-benefício, pois a vida útil do pavimento, com esses cuidados, será indeterminada.

 

Vantagens dos Pisos Esportivos de Madeira

A primeira grande vantagem que todo atleta leva em consideração quando falamos de piso de madeira com amortecimento é que o risco de lesões por impactos nas articulações são minimizados.

Outro ponto muito importante é quanto à qualidade da prática esportiva pela leveza que o piso proporciona, aliando o deslizamento necessário com a praticamente eliminação dos riscos de escorregões.

Para os mais saudosistas fica também o charme de uma partida disputada em uma excelente quadra com pisos esportivos de qualidade.