Posso misturar muitas texturas de madeira?

A madeira há muito é utilizada para decoração e também para mobília de diversos ambientes. Porém, durante muito tempo as pessoas tiverem receio de combinar cores diferentes de madeira e texturas de madeira num mesmo espaço.

Nesse artigo vamos te ajudar esclarecendo diversas dúvidas que as pessoas ainda têm sobre a combinação de diferentes cores de madeira. Você vai descobrir que é possível combinar com muito estilo e bom gosto, mesmo os tons mais diferentes.

Quais madeiras podem ser combinadas?

Se você tem um piso com determinada textura de madeira, mas se apaixonou por móveis em uma textura totalmente diferente, e agora? Será que vai ficar bom o resultado dessa combinação.

Nossa resposta para você é que sim. Tenha certeza de que se você souber harmonizar os elementos do ambiente, não importa o tom de madeira que você escolheu, dará certo.

Atualmente não é mais proibido misturar texturas diferentes de madeira num mesmo ambiente. Pelo contrário, porque quando utilizamos mais de um tom e textura, acabamos imprimindo personalidade e estilo para o espaço.

O que você não pode fazer é se perder na hora de harmonizar cada elemento. É por isso que separamos para você algumas dicas que vão te ajudar a equilibrar os seus ambientes.

Você pode ter piso de madeira, móveis em madeira, detalhes em madeira, painéis e o que mais desejar. O ambiente não ficará pesado, basta fazer tudo do jeito certo. Veja só.

Conecte os tons

Se você tem o piso com uma textura de madeira e móveis em outra, então precisará fazer a conexão desses tons para manter o ambiente equilibrado. Isso é possível através de peças com cores intermediárias que vão suprir os tons entre uma textura e outra.

Por exemplo: se você tem uma mesa de centro com a cor mais escura e o piso mais claro, coloque um tapete que esteja num tom entre um e outro. Assim você quebra o choque de cores e as conecta.

Tons neutros de madeira

Também é possível brincar com as cores e texturas de madeira. Se você tem dois tons diferentes, um claro e outro escuro, pode incorporar novos elementos que vão preencher as lacunas da paleta que faltam para conectar os tons.

Aqui seguimos o mesmo exemplo do primeiro item. A diferença é que você vai colocar a madeira em cada detalhe, como no rodaforro, em painéis e molduras.

Tons opostos

Para não deixar o seu ambiente pesado, você também não precisa fazer muitas manobras com a textura da madeira. Basta utilizar um tom claro e um escuro. O contraste entre as duas cores será expressivo e dará personalidade para o ambiente.

Você pode deixar tudo mais harmônico escolhendo apenas uma cor para ser explorada na decoração e assim ela fará a intermediação entre os tons diferentes.

Explore os detalhes

Outra forma de harmonizar as cores diferentes da madeira é escolher uma delas para ser a central e explorá-la também em detalhes. Se você possui móveis de cores diferentes, por exemplo, pode pegar o tom do móvel principal e jogá-lo em molduras, por exemplo.

Defina o destaque

Essa dica é para quem possui um móvel especial, mas que não acompanha os tons de madeira do ambiente. Essa peça pode ser o destaque da decoração, para isso, basta que o restante do ambiente explore outra cor e textura diferente.

Não separe os móveis, harmonize-os

Se você tiver dois tons de madeira nos móveis, separar cada grupo num canto diferente criará ambientes diferentes também. Se essa não é sua intenção, então, procure misturar os móveis e harmonizar como ensinamos. Evite fazer essa separação para que nenhum canto da casa fique mais pesado do que o outro.

Como você pode ver, é perfeitamente possível utilizar tons diferentes num mesmo espaço. Também é perfeitamente possível colocar a madeira em todos os detalhes que você quiser. Basta que sua decoração contenha elementos estratégicos que possam equilibrar todo o conjunto.

precisando-mais-informacoes sobre piso de madeira

Visite nossa Mega Loja

ParquetSP advertisement advertisement advertisement advertisement