Qual a madeira para pergolado mais indicada?

Apesar do que muita gente ainda acredita, madeira não é sempre madeira. Ou seja, a madeira não é igual em todos os casos, porque cada espécie possui suas características que a torna apropriada para cada aplicação. A madeira para pergolado, por exemplo, precisa ser de uma espécie própria para uso externo. E é sobre isso que nós vamos falar hoje, acompanhe nosso artigo.

Escolhendo a madeira ideal

Cada espécie de madeira possui características que fazem com que seja mais indicada para certos tipos de aplicação. Isso porque fatores como dureza, resistência, peso, oleosidade, odor, trabalhabilidade, entre outros, fazem com que elas tenham o perfil exato para cada uso.

Nem sempre a madeira mais pesada, ou a mais leve, é a ideal para aquilo que se pretende fazer. É essencial considerar o que a madeira precisa ter para ser empregada em cada uso.

Uma madeira para telhado, por exemplo, precisa ser resistente, mas não pode ser pesada demais. A madeira para interior precisa ser resistente também, mas pode ser leve, com pouca contração mecânica. Para uso exterior, ela deve ser forte, resistente à umidade e ao ataque de pragas.

No caso da madeira para pergolado, como na maioria dos casos ela ficará exposta do lado de fora, então precisa ter as características ideias para essa aplicação. Nem todas as espécies são boas para esse emprego, veja seguir como escolher a sua.

A madeira para pergolado de madeira

Para escolher a madeira para pergolado ideal é preciso considerar quais agressões ela irá sofrer. O pergolado, estando do lado exterior da casa, fica exposto a sol e chuva, sofrendo a ação do calor, da radiação, da umidade, da acidez da chuva e da estiagem.

Além disso, a madeira do lado de fora ainda tem maior probabilidade de ser atacada por cupins, por formigas, fungos, brocas, traças e outras pragas que podem deteriorar o material.

Por isso, a melhor madeira para pergolado é aquela que pode resistir mais a todas essas agressões. Também precisa ter boa dureza para não empenar com o tempo, e também suportar o peso da estrutura projetada.

Espécies que produzam óleos e substâncias que naturalmente espantam os insetos são muito interessantes para serem utilizadas. Uma opção é a teca, que é insubstituível para uso naval, por exemplo, justamente por ser altamente resistente às agressões.

A madeira teca não empena, tem um conservante natural, resiste às mudanças de umidade do ar, a ação do sol, do frio, do calor e da chuva. Aqui no Brasil ela é cultivada em reflorestamento, pois trata-se de uma espécie vinda de fora.

Mas além da teca temos outras opções igualmente boas de madeira para pergolado. O Ipê, árvore nativa do Brasil, é uma das espécies mais utilizadas para a área exterior. Ela é muito resistente ao apodrecimento, e por isso pode ser a ideal também.

O jatobá é outra opção para o pergolado, porque é uma madeira dura e compacta, muito resistente, tanto que é utilizada para fabricação de postes e dormentes, que exigem uma madeira de qualidade superior.

O cumaru é uma espécie nativa do Brasil que também pode ser empregada em uso externo. Além de sua alta resistência para variações de umidade do ar, o cumaru também resiste ao ataque de insetos, fungos e brocas.

Ainda há as opções de madeira para pergolado: massaranduba e pitomba, ambas com características similares às demais madeiras citadas, ótima resistência para as intempéries e ideais para uso externo.

E para aumentar o tempo de durabilidade do pergolado, trate a madeira com produtos que a protejam da ação do sol e também reduzam ainda mais sua permeabilidade. Prefira aquelas que receberam tratamento correto na secagem e que também foram tratadas com substâncias que previnem as pragas.

Dessa maneira seu pergolado, além de muito charmoso, também irá durar por muitos anos.

precisando-mais-informacoes sobre piso de madeira

Visite nossa Mega Loja

ParquetSP advertisement advertisement advertisement advertisement