SHOWROOM (11) 5053-8333

Restaurar ou trocar o piso de madeira: qual a melhor opção?

Os pisos de madeira são responsáveis por deixar o ambiente mais bonito e aconchegante, não é mesmo? Além disso, também apresentam uma vida útil longa, e são mais fáceis de manter a limpeza. Mesmo com tantos benefícios, o piso de madeira não está totalmente protegido contra as ações do tempo, e aos poucos ele vai sofrendo danos que comprometem sua aparência. Quando isso ocorre, logo vem a pergunta: é melhor restaurar ou trocar o piso? No post de hoje, te ajudaremos a esclarecer essa questão. Continue nos acompanhando!

O que levar em consideração para escolher?

Existem vários aspectos que podem ser levados em consideração no momento de decidir entre restaurar ou trocar o piso de madeira. Listamos as principais, e você confere logo abaixo!

 

Faça uma avaliação do custo benefício 

Geralmente, o preço do metro quadrado de madeiras nobres e resistentes (Jatobá, Ipê ou Cumaru) pode chegar a 300 reais aproximadamente, portanto, se a madeira do seu piso apresenta essas características, a restauração passa a ser mais vantajosa do que a substituição. É importante lembrar que no mercado existem várias opções de madeira, bem mais baratas, e neste caso, a troca até compensaria, mas o piso não seria tão durável.

 

Considere o piso e sua situação atual

Para o processo de restauração, ou raspagem, é necessário que o piso tenha ao menos dois centímetros de espessura, e não pode passar de mais de duas restaurações. Pisos laminados ou estruturados não conseguem suportar a restauração, por isso é obrigatória a troca. Lembre-se: a raspagem está fora de cogitação! E se optar pela restauração, contrate um profissional qualificado, e tenha consciência de que você terá que esperar pelo menos um mês até ficar pronto.

Cuidado: não troque ‘gato por lebre’

Imagine que você comprou agora seu imóvel, e o piso parece velho e desgastado. Você então decide fazer uma renovação, e troca o material antigo por uma madeira mais bonita e barata. O problema desta substituição é justamente abrir mão da madeira de lei, ou seja, que possui uma estética e valor diferenciado, por uma madeira que seja inferior. Por isso, o ideal é analisar, e se a madeira da sua casa for mais cara, você deve optar pela raspagem. Se for necessário, peça para um especialista avaliar o seu piso.

Com essas dicas e informações que citamos acima, agora fica mais fácil você decidir, de acordo com o ponto de vista, qualidade e custos do processo de restauração e substituição do piso de madeira.

Gostou do conteúdo? Deixe o seu comentário abaixo!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FALE CONOSCO

Barra lateral pág PISO DE MADEIRA

FALE CONOSCO

Pin It on Pinterest

Share This
× Fale direto no WhatsApp